Blog do Calheira

Este espaço é aonde posso colocar algumas coisas que penso, gosto, vejo e acredito. Espero que gostem.

Neste Carnaval, Não Use Camisinha !

em 14/01/2008

Pois é. Terminou o clima de paz, amor e união dos festejos de fim de ano. Podem esquecer o espírito de amizade e cooperação dos povos. Agora a “parada” é outra ! É CARNAVAL ! E o vizinho que amava seu próximo não resiste a um mero tropeção… e tudo já é motivo pra briga. No Carnaval (diz-se) “Ninguém é de Ninguém !”. Namoros são desfeitos, para, após o carnaval, serem refeitos sem culpas e rancores. Aos que vão participar, divirtam-se com sabedoria. Cuidado com os excessos. Um grande Profeta já disse há muito tempo que iniqüidade nunca foi felicidade. De que adianta se sentir muito bem hoje e acordar com uma BAITA ressaca (física ou moral) amanhã.
Anúncios

3 respostas para “Neste Carnaval, Não Use Camisinha !

  1. Alessandra disse:

    Oi Régis, parabéns! Sou a Alessandra, sua amiga do orkut.Como eu te disse é a primeira vez que eu visito um blog. É possível que até que eu consiga fazer um blog eu ainda fique pesquisando muito. Mas, agradeço as dicas que você me passou no orkut.Vi que você recomenda alguns blogs por aqui. Vou passar lá depois também e “pesquisar”!!!A verdade é que eu adoro escrever, ler e estou começando a retomar as minhas composições de poesias.Gostei da sua sugestão RESPONSÁVEL quanto ao Carnaval. A princípio parece que você está na contramão com a frase bombástica: “Neste Carnaval, Não Use Camisinha!” rs rs…. Dá até um impacto, um susto. Como é que é? Depois, com a leitura, a gente entende o recado inteligente! Bacana!Claro, a castidade e a RESPONSABILIDADE!Concordo, amigo! Parabéns. Eu passei o carnaval numa volta ao passado, revendo as minhas poesias antigas e ouvindo um cd de marchinhas de carnaval, das antigas , mais do que eu…rs rs . Bons tempos!Vou fazer um blog com as minhas poesias. Preciso ver algum blog que tenha isso para me inspirar. Poesia mesmo, sabe.Quando a gente visita alguem pela primeira vez é costume de levar flores, mas já que estou te visitando aqui no blog , pela primeira vez, vou te deixar uma poesia. Mas, ainda não é a minha poesia, pois estou em fase de revisão.Vou te deixar uma poesia que eu adoro do autor pelo qual sou apaixonada: Khalil Gibran!Eis uma obra prima:Fiquei cego por um olhar fixamentePara o profundo e para o altoE quem não daria seus olhosPor uma visão do alto e do profundo?Quem não soprariaDuas pequenas velas tremulantesPor um olhar apenas à aurora?Dizem: “É pena que ele não possa ver as estrelas,Nem os botões de flores nas campinas.”E eu digo:”É pena que eles não possam Alcançar as estrelasE ouvir os botões de flores.É pena que não tenham ouvidosDentro de seus ouvidosÉ pena que não tenham lábiosNa ponta de seus dedos.”(Curiosidades e Belezas)Um abraço e Boa Sorte, Régis!Obrigada pelo estímulo…Qdo eu fizer o meu blog (não sei quando) vou te recomendar , viu?

  2. Em outras palavras, seja virgem para o resto de sua, vida!
    Prevenir vale mais do que mil orações, pois AIDS não escolhe crença!

    • Regis Calheira disse:

      A Lei da Castidade, conforme a Bíblia significa não ter relações sexuais antes do casamento e, depois de casado, só ter relações sexuais com quem você é legal e legitimamente casado. Entendeu ? Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: